Secretaria de Estado da Juventude implementa mais um Centro de Referência no Maranhão

24/10/2022

Com o intuito de garantir os direitos dos jovens que se encontram em situação de vulnerabilidade, a Secretaria Extraordinária de Estado da Juventude (Seejuv) executa a criação de um terceiro Centro de Referência da Juventude (CRJ), que ficará localizado no bairro do Filipinho, em São Luís. A obra para a construção do espaço foi iniciada nesta sexta-feira (21).

 

O CRJ atuará na área da Educação, Qualificação Profissional e Tecnológica, Cultura, Esporte e Lazer. Além disso, o CRJ é um espaço idealizado para debater ideias, compartilhar conhecimentos e estimular a convivência das diferentes juventudes presentes no Maranhão.

 

O espaço possui políticas similares as da Casa da Mulher Brasileira ou Centros de Referência aos Idosos que visam atenção às populações com especificidades e que necessitam de uma intervenção pública.

 

A Seejuv já inaugurou dois CRJ, sendo um no município de Caxias e o segundo no município de Pedreiras, na região do Médio Mearim. O público atendido pelos centros é formado por adolescentes e jovens com idades entre 15 e 29 anos, de acordo com o Estatuto da Juventude.  

 

A secretária de Estado da Juventude do Maranhão, Tatiana Pereira, fala sobre a importância da construção do novo CRJ e as possibilidades oferecidas para a juventude.

 

“O Centro de Juventude tem um papel importante, no sentido de garantir os direitos da juventude maranhense, principalmente em São Luís. Além de assegurar o acesso à qualificação profissionalizante, possibilita aos jovens terem um espaço de vivência, assim como também a criação do seu projeto de vida. A gente fica muito feliz em transformar essa política pública em algo concreto e que soma com todas as outras políticas públicas do nosso estado”, afirmou a secretária.  

 

O engenheiro da Seejuv, Enison Hipólito, informa que o espaço está sendo idealizado pensando exclusivamente na juventude. “Será uma edificação em dois pavimentos, com um espaço muito aconchegante, moderno, com seis salas de multiuso para diversas atividades e uma área de convivência. Nosso propósito é de realizar um projeto com a cara da juventude e, com isso, a gente espera responder uma lacuna para atender a juventude da região metropolitana de São Luís”, explicou.